Taioba: A planta de folhas vistosas e formato de coração encanta por s – MAMANGAVA
Taioba: A planta de folhas vistosas e formato de coração encanta por sua beleza e sabor

Quem aqui não ama folhagens em formato de coração?

Mas para além da sua forma exuberante, a taioba arrebata muita gente pelo estômago – mineiros, capixabas, cariocas e baianos que o digam! Afinal, são eles os principais apreciadores dessa planta nutritiva, que pode ser preparada de diversas maneiras.

Outra boa notícia: assim como é fácil de se preparar na cozinha, o cultivo da taioba em casa, em vasos, também é considerado simples. Sendo assim uma ótima escolha para quem quer dar os primeiros passos no universo das espécies nativas.

Curiosidades da taioba:

  1. Reservatório de minerais: a taioba é uma excelente fonte de ferro, fósforo, cálcio, potássio e manganês. Suas folhas e rizomas são bastante nutritivos, sendo muito utilizados na cozinha mineira. Como a espécie possui níveis de ácido oxálico, substância responsável por provocar aquela sensação de “pinicar” na boca, não se deve consumi-la crua.
  2. Taioba brava: atenção! Essa variação (Colocasia antiquorum) é tóxica e pode ser identificada por seus talos e folhas verde-arroxeadas, entre outras características que devem ser observadas antes do seu condumo.
  3. Riqueza de vitaminas: as folhas da taioba são excelentes fontes de vitamina A. A espécie tem níveis superiors aos encontrados nas cenouras – alimentos com altos índices da mesma vitamina.
  4. Taioba na natureza: hortaliça da família Arácea, originária das regiões tropicais da América do Sul, a taioba é facilmente cultivada em clima quente. Suas folhagens chegam a 80 centimetros de cumprimento e 60 de largura.
  5. Taioba em casa: pode? Com Certeza! O cultivo dessa espécie é considerado simples. Requer ambiente iluminado, porém sem sol direto, solo sempre úmido e rico em humus.

Quer cultivar uma taioba na sua casa? Conheça a nossa Coleção Mata Atlântica.

Deixe seu comentário